Coordenador de dublês dos filmes de Jackie Chan, Brad Allan morre aos 48 anos

Marcos Vinicius
Por: Marcos Vinicius
PUBLICIDADE

De acordo com o Comic Book, Brad Allan, coordenador de dublês dos filmes do Jackie Chan, faleceu aos 48 anos no último dia 07.

A informação foi divulgada originalmente pelo próprio Chan em seu blog pessoal, onde o astro elogiou o trabalho de Allan e lamentou profundamente a perda.

PUBLICIDADE

No entanto, não foi revelada a causa da morte, apenas que Allan estava sofrendo com uma doença não mencionada.

“Muitos anos atrás, enquanto eu estava filmando ‘Mr. Nice Guy – Bom de Briga‘, Allan era apenas um fã e eu me lembro dele vindo visitar o set. Naquela época, ele era louco por Kung Fu e praticava a arte por muitos anos. Foi por causa de suas habilidades e talento incríveis que ele deixou de ser um fã para se tornar um dublê e, eventualmente, se juntou à minha equipe. Ele até lutou comigo em ‘O Grande Desafio‘, e acho que muitas pessoas se lembram daquele boxeador habilidoso que me deu uma surra… Ele também contribuiu para muitos dos meus filmes, um coreógrafo de ação muito conhecido em Hollywood e também um excelente modelo a ser seguido por muitas estrelas de ação.”

Allan está associado a mais filmes de sucesso do que pode ser listado aqui, incluindo a trilogia ‘A Hora do Rush, Ninja Assassino‘, ‘Kick-Ass‘, ‘Avatar‘, a franquia ‘Kingsman‘, ‘Mulher-Maravilha‘, ‘Solo: Um História Star Wars‘ e até alguns filmes de terror, como A Entidade‘ e a franquia ‘Sobrenatural.

Allan também atuou como coordenador de dublês e diretor de segunda unidade em ‘Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis‘, a vindoura adaptação da Marvel Studios que estreia em setembro.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimas Notícias

PUBLICIDADE

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.