Edgar Wright conta por que nunca fez sequência de Todo Mundo Quase Morto

Marcos Vinicius
Por: Marcos Vinicius
PUBLICIDADE

Todo Mundo Quase Morto, O filme de 2004 nunca ganhou uma sequência, apesar da vontade de fãs e dos estúdios. Em uma recente entrevista, o diretor Edgar Wright explicou por que nunca fez uma continuação para o longa.  Em entrevista à SFX Magazine, ele disse que não tem mais o que dizer sobre o gênero do terror/comédia, e por isso não pretende revisitá-lo.

“Eu não voltei a isso porque sinto que, com Todo Mundo Quase Morto, disse tudo o que queria dizer. É difícil para mim voltar ao mesmo gênero, mesmo como produtor. Às vezes me mandam roteiros – as pessoas querem fazer ‘o próximo Todo Mundo Quase Morto’, e me pedem para ajudá-las a produzir o filme. Eu acho difícil cobrir o mesmo território de novo“, comentou ele.

Por outro lado, Wright também disse que fazer um filme é um comprometimento longo e difícil, o que significa que ele só embarca em projetos que “realmente ama”. “Um longa-metragem demora muito para ser feito. Acho que os fãs não entendem isso, às vezes. Eles perguntam: ‘Por que você não faz uma sequência disso ou daquilo?’. Eu preciso comprometer três anos da minha vida a cada filme, é necessário realmente amar o que você está fazendo“, definiu.

PUBLICIDADE

O próximo filme de Wright, Last Night in Soho, é focado em uma jovem apaixonada por moda, que se transporta misteriosamente para os anos 1960 para encontrar seu maior ídolo. Porém, a Londres da década de ouro não é o que parece, e o próprio tempo pode desmoronar por cima da nossa heroína.

O elenco do filme conta com Anya Taylor-Joy, Thomasin McKenzie, Matt SmithDiana Rigg e mais. A estreia no Brasil ainda não foi definida.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimas Notícias

PUBLICIDADE

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.