Capitão América 4 irá retratar o heroísmo de ser um super-herói sem poderes, diz produtor

Luisa Souza
Por: Luisa Souza
PUBLICIDADE

Capitão América 4’ é o primeiro filme a trazer Sam Wilson, interpretado por Anthony Mackie, vestido com o famoso manto que foi passado por Steve Rogers, vivido por Chris Evans, depois da série do Disney+ Falcão e o Soldado Invernal. Na nova era, irá abordar como é ser um super-herói sem poderes. Quem afirma isso é o produtor Nate Moore, que falou sobre o vindouro filme do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU) em entrevista concedida ao ComicBook.com.

“Ele não é Steve Rogers e eu acho que isso é uma coisa boa”, comentou Moore. Ele justificou que é “porque, para mim, esse novo Capitão é o Rocky [Balboa, personagem de Sylvester Stallone] Ele será o azarão em qualquer situação. Ele não é um supersoldado. Ele não tem centenas de anos. Ele não tem os Vingadores. O que acontece com esse cara que anuncia publicamente, sem suporte: ‘Eu sou o novo Capitão América’? Eu acho que isso é fascinante, porque ele é um cara; um cara com asas e um escudo, mas só um cara”.

O produtor continuou: “Então, vamos colocá-lo contra as cordas do ringue e fazê-lo merecer o título, e ver o que acontece quando ele é superado em todos os sentidos. O que faz de alguém o Capitão América? Eu argumento que não é ser um supersoldado. E eu acho que vamos provar isso com Mackie e Sam Wilson”.

Mackie foi o primeiro nome do elenco a ser confirmado em Capitão América 4, que contará com roteiro de Malcolm Spelman e Dalan Musson, ambos de Falcão e o Soldado Invernal.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimas Notícias

PUBLICIDADE

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.